Preloader

Mundo Digital SABSEG

No mundo digital temos todas as ofertas para si e para a sua família.

SABER MAIS

O mês de maior consumo e a organização do orçamento familiar 

O orçamento familiar tem sido cada vez uma tarefa mais difícil de gerir com o incremento da inflação e tantos outros aumentos que não foram acompanhados, na maioria das vezes, pelo aumento dos rendimentos. 

É necessário fazer revisões constantes e adaptar este orçamento ao longo dos meses, visto que podem existir oscilações dos mais variados tipos – como por exemplo, do valor disponível para despesas. 

Comece a ganhar o hábito de registar os seus ganhos, categorizar as suas despesas, como por exemplo habitação, alimentação e transportes, e ainda defina desde logo objetivos poupança.

Torna-se importante desde o início de cada ano fazer, sempre que possível, uma divisão para as despesas adicionais como as férias e o natal, por exemplo. 

É importante também manter a disciplina e não ceder a impulsos causados pela comunicação nos mais variados ramos de consumo. 

Existem alguns erros que dificultam esta gestão, como o atraso dos pagamentos, a não existência de um fundo de emergência para situações imprevistas, mas acima de tudo, a falta de planeamento. 

Vamos entrar no mês onde o consumo mais aumenta, Dezembro. Pode ter em consideração este acréscimo das despesas e fazer uma poupança anual destinada a esta altura do ano. 

A situação que vivemos atualmente não é a mais favorável para grandes consumos e por isso há que ter o dobro da atenção na gestão dos seus rendimentos este mês. 

Existem alguns comportamentos padrões que colocam em causa a tranquilidade das suas finanças. Entre eles temos:

  • Gastos excessivos em promoções, como é o caso da Black Friday; 
  • Não estabelecimento de um orçamento para presentes, o que dificulta a gestão do rendimento disponível para bens e serviços essenciais; 
  • Estabelecimentos de vários créditos em lojas de bens não essenciais. 

Antes de começar as suas compras de natal, planeie e verifique quanto pode gastar, aproveite as promoções, evite ao máximo recorrer a créditos pessoais e opte por comprar em lojas online sempre que existir vantagem. 

Os presentes de última hora e as compras por impulso podem ser catastróficas no seu orçamento. 

Termine o ano com a certeza de que o seu futuro está assegurado e prevenido. Fale connosco, a prevenção é a chave para a harmonia no seu lar. 

Mariana Carreira
Marketing SABSEG